Viomundo

Clique para compartilhar o link do texto original

A imagem disseminada pelo PT

Da Redação

“É com muita tristeza que encerro nesta quinta-feira (27) minha passagem pelo Clube Atlético Mineiro. Só tenho a deixar os meus mais sinceros agradecimentos a essa instituição, para a qual entreguei toda a minha dedicação desde o primeiro dia de trabalho”, desabafou Rui Costa.

[...]

Na nota de despedida, o ex-diretor de futebol do Atlético Mineiro reconheceu os maus resultados do time: “Apesar dos resultados insatisfatórios e frustrantes desse início de temporada, tenho muita confiança na hombridade e capacidade do grupo. Presenciei claramente o quanto sentem na pele a dor de uma derrota. Creio fortemente que esses mesmos atletas levarão o Galo às vitórias e conquistas que esse grande clube merece”.

Mas, o que este Rui Costa tem a ver com governador da Bahia, Rui Costa?

Nada.

O suposto dono do perfil Ruy Bandeira no twitter admitiu que usou um aplicativo de mensagens automáticas.

“Esclareço que sim usei um aplicativo para enviar mensagens automáticas que concordo…mas esse perfil é de uma pessoa real! tanto que dou a cara a tapa!”, escreveu ele, numa mensagem recente.

Admite, portanto, que robotizou sua própria conta.

Ele não segue ninguém na rede e tem apenas 51 seguidores.

“Tenho esposa e uma filha de 7 anos. Sou engenheiro… católico apostólico romano… Porém tenho muitos amigos pastores inclusive meu irmão é um…da igreja Assembléia de Deus…esquerdistas por favor me deixem em paz!”, publicou o perfil.

O certo é que Ruy Bandeira, robô ou não, garantiu a diversão a muitos internautas:

O tweet robotizado correu atrás do Galo mineiro

Leia o texto completo em Viomundo